<BGSOUND SRC="http://attambur.com/Service/RaoKyaoDancaDosMontes.mp3 " LOOP="INFINITE"> http://www.angelfire.com/ny/dianaclaire/images/nocturne3.mid OBJECTIVA_DA_ALMA: 07/10/05

Sunday, July 10, 2005















Os contornos mais perfeitos...
Para o amado que ao longe a avista....





Amor platónico



Gerês e Cabreira, amantes eternos
Contemplam-se incansáveis
Ela num lânguido verde de emoção
Ele ejecula vida toldada de azul,
Aparentemente glaciar e indiferente,
Admira a companheira de séculos,
As formas redondas e abundantes…
Ela bem constituída e esbelta
Aprecia o enlevo embevecido
Ousada,
Lentamente,
Vai mostrando as formas
Desnudando-se a cada estação;
Extasiado ele mantém o vigor e a pujança
Cativado pelos convites silenciosos e sedentos…
Mantêm viva a vida que os invade
Juntos permanecem lado a lado…

As formas mais naturais....
E ele espreita...

O convite
Mais quente
E enamorado...

O desafio mais sexy
Do belo piscar de olho...

Quadro do amor silenciado no tempo...
A Cabreira e o Gerês...














A água que corre
livre como o vento
E lava os sentidos
Amores incontidos
Refletidos no verde
Free Hit Counter
hit Counter on-line